sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Viagem

Ben Zank

se eu pudesse
voltar ao passado

eu seguiria




xavier

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Relógio


nas engrenagens
do relógio
parado

o tempo brinca
não passa



xavier

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

(a)maria


maria
não demonstrava
o seu amor

maria
não suportava ser
tratada como tratava

maria
seguia uma procissão
de lamentos

maria, sem saber
amando e sendo amada
se foi

como muitas outras




xavier

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Chulé


devido ao faro
das gatas

alegando
poderes mágicos
das botas

o gato não as tira
na hora do amor




xavier

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Gênesis


no princípio
era o verbo

e o mundo
cheio de paz

mas
assim que 
o substantivo e o adjetivo
chegaram

fudeu




xavier

sábado, 22 de novembro de 2014

Perdendo oportunidade


ela
com cara de safada
disse-me:

- posso pousar 
na tua casa?

e eu
que adoro gordinhas

com o heliponto
avariado





xavier

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Curso da poesia


a poesia
segue o curso
das águas

para baixo
para o obscuro
pro fundo

repousa
em berçários
de rios

ou explode
enxofre e

lava




xavier

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Voluntário


sábio, o relógio
trabalha de graça

quem o pagaria
para marcar

o que se perde?




xavier

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

(des)classificados


pobre poeta
moreno, de olhos 
e cabelos

com todos os incisivos
caninos e alguns
molares

procura a si




xavier

quarta-feira, 12 de novembro de 2014